Portal de Notícias

Aqui, você encontra conteúdo de qualidade, para manter-se informado sobre todos os aspectos da vida condominial.

Encontre o seu imóvel

  • Imóveis à Venda
  • Imóveis para Locação

HORTAS VERTICAIS SÃO BOAS OPÇÕES PARA APARTAMENTOS; VEJA DICAS DE COMO COMEÇAR A SUA


Não é segredo que consumir alimentos frescos e livres de agrotóxicos faz parte do caminho de quem quer levar uma vida mais saudável. Nesse sentido, plantar os próprios temperos e hortaliças pode ser uma opção inteligente e econômica de começar uma rotina com mais benefícios à saúde.



Muitas vezes, ter pouco espaço em casa é usado como justificativa para descartar a possibilidade de dar o primeiro passo. O que muitos não sabem, porém, é que, mesmo em pequenos ambientes, é possível cultivar os próprios alimentos. As hortas verticais têm sido uma das principais alternativas para quem mora em apartamento e quer plantar seus próprios temperos e algumas hortaliças. 


O primeiro passo para montar uma horta vertical é identificar em qual ponto do seu apartamento você terá condições de instalá-la: o mais recomendado é que seja um local que tenha acesso à luz e à ventilação, como perto de uma janela ou na sacada do apartamento. O ideal é que a área escolhida pegue de quatro a seis horas de sol por dia, preferencialmente pela manhã. 



As hortas verticais apresentam como principal característica o fato de poderem ser penduradas ou fixadas em estruturas verticais em sua varanda ou área externa - há quem deixe a estrutura dentro de casa, onde também é possível obter bons resultados, mas o cuidado com o acesso à luminosidade deve ser redobrado. Uma opção recorrente nesses casos é o uso de painéis para acomodar os vasos de  plantas. Eles podem ser encontrados em lojas especializadas em artigos de jardinagem ou até mesmo em  lojas de produtos para casa e decoração. 


Há, contudo, opções mais econômicas que os painéis, cujos preços podem variar bastante de uma loja para outra. Uma das mais comuns é utilizar como suporte treliças de alumínio, madeira ou ferro. Mas também é possível fazer horta com pallets ou caixotes de feira, no segundo caso usando a parte da frente como suporte, pendurada na parede - o que também permite escrever o nome do que foi plantado na caixa. Por fim, há a possibilidade de deixar a horta suspensa, aproveitando vasos, baldes e latas que podem receber furos nas laterais e usando correntes ou cordas para pendurá-los.



As hortas verticais permitem o plantio de diversos tipos de alimentos, mas são usadas, principalmente, para o cultivo de temperos, ervas e hortaliças. Entre os mais comuns e bem adaptados ao clima brasileiro estão plantas como coentro, salsinha, sálvia, cebolinha, alface, pimentão, tomate-cereja, rúcula, orégano, manjericão, hortelã, tomilho, couve-folha, alecrim, calêndula, capuchinho entre outras plantas diversas.


É importante escolher com cuidado o tipo de hortaliça que você irá plantar. Cada espécie precisa de um tipo de tratamento e possui um ciclo de crescimento próprio. Informe-se na hora de comprar as mudas e sementes e verifique se aquela planta irá se adequar à sua horta vertical. A rotação de cultivos é automática. Por exemplo, um cultivo que leva mais tempo, como o do tomate, pode ser plantado entre outros cultivos de colheita rápida e que seriam colhidas antes que a planta precise de mais espaço.